Embolização

O Tratamento

A embolização para tratamento de miomas foi descrita em 1995, pelo ginecologista Francês Jaques Ravina. A embolização do útero vem sendo empregada com sucesso por radiologistas intervencionistas há mais de 20 anos para tratar diferentes tipos de hemorragias de origem ginecológica, principalmente sangramentos pós parto. A embolização das artérias uterinas é um procedimento que requer somente uma pequena incisão na pele feita com anestesia local, conservando os úteros e, portanto, menos traumáticos que a cirurgia convencional.

Procedimento da Embolização

O radiologista intervencionista faz uma incisão de aproximadamente 2 milímetros na pele da virilha por onde introduz um fino tubo plástico denominado catéter na artéria que passa debaixo da pele. Este catéter é direcionado por dentro das artérias que se visualizam com a utilização de um equipamento de raios “X” até alcançar as artérias uterinas que levam sangue para os miomas.

Nesta posição são injetadas partículas plásticas por dentro do catéter até entupir estas artérias e comprovar que o mioma não recebe mais sangue. Desta forma os miomas param de crescer e começam a encolher. A embolição uterina geralmente requer 24h de hospitalização. Após o procedimento prescreve-se medicação para a dor espasmódica ou cólicas que são efeitos colaterais comuns. Febre é um efeito adverso ocasional e pode ser facilmente controlado com medicação apropriada. A recuperação leva em geral 1 semana, embora as vezes possa se prolongar.

Eficácia da Embolização

O sucesso deste método já foi descrito em vários trabalhos científicos publicados na literatura médica. Nestes trabalhos, realizados na Europa e nos Estados Unidos, observa-se que entre 85% e 95% das mulheres submetidas a embolição referem uma remissão significativa ou total da dor e outros sintomas. Este método tem funcionado muito bem, mesmo quando há múltiplos miomas no útero. Não foi observada qualquer recorrência do problema em mulheres que foram acompanhadas por até cinco anos após a embolição e as pacientes tem manifestado um alto índice de satisfação com este método.