Adenomiose

ADENOMIOSE é uma patologia uterina benigna definida pele presença de ilhas de tecido endometrial ectopico dentro do miometrio.

Tipos de Adenomiose

- Pura
- Mixta com presença de miomas


Sintomas

As mulheres apresentam sangramento (aumento do fluxo menstrual) e dor pélvica.

Incidência

Mulheres entre 40-55 anos de idade - 20% a 30%

O diagnóstico com imagem é feito por ultrassom transvaginal e ressonancia magnetica

Opções de Tratamento

Tratamento clinico local ou sistêmico

DIU com Mirena
Terapia com hormonio
GnRH agonista


Tratamento cirúrgico


Embolizaçao das Arterias Uterinas.


Indicações da Embolização das Artérias Uterinas para Adenomiose

Quando nao há melhora dos sintomas depois do tratamento clinico ou cirurgia minimamente invasiva (preservando o útero)

Presença de sintomas como sangramento e dor pelvica

No tratamento para Adenomiose usualmente é necessario Histerectomia ,isto é, a retirada total do útero. Outra opçao é a Embolização das Artérias Uterinas onde tratamos preservando o útero.

A técnica de Embolização das Artérias Uterinas Para Adenomiose é semelhante a tecnica para tratamento dos miomas (descrita neste Site )


Depoimento de paciente com adenomiose que fez a embolização

C.F.M. | Porto Alegre

Já há alguns anos descobri miomas uterinos que cresciam com o passar do tempo e vínhamos acompanhando através de exames mas o que mais me incomodava mesmo eram as fortes cólicas que sentia, grande sangramento e dores horríveis que mudavam meu humor, tiravam toda minha disposição para o trabalho e rotinas da vida, enfim, uma verdadeira baixa qualidade de vida. Então um dia minha gineco falou sobre a Dra. Lindalva e seu trabalho com a embolização de miomas e depois de um tempo naquela mesma situação bastante traumática que já vivia há anos, fui procurar a Dra. para conhecer sobre a embolização e seus benefícios e para minha surpresa, na RM pré embolização ficou claramente constatado que além dos miomas eu tinha muitas regiões de adenomiose, o que com certeza fazia com que minhas dores fossem mais acentuadas ainda. Com isto, já decidimos pela embolização e sinceramente, hj com 48 anos, sinto tanto não ter conhecido este há alguns anos atrás, quanto sofrimento teria evitado, mas agora tudo passou, sou outra pessoa com certeza, foi um divisor de águas na minha vida podem apostar. Não sinto mais dor alguma, meu ciclo acontece mensalmente super tranquilo, quase sem perceber sua chegada, meu fluxo diminuiu muito, e meu útero já está quase do tamanho normal. Agora vida normal que toda mulher merece ter.



Dra. Lindalva Bertelli Fernandes
CRM 20.151

Radiologia e Neurorradiologia Diagnóstica e Intervencionista

Consultório:

Rua Lucas de Oliveira, 1937 cj. 502

CEP 90440-011 | Petrópolis | Porto Alegre/RS

Fones: (51) 99952.1783 | 3333.6726